Olá pessoal! Tive a grata surpresa de receber um artigo quando achei que tivesse fechado a série, e é de mais uma representante de Cuiabá! Mais uma garota que, mesmo com tão pouca idade, já participa do Grupo Arduino Brasil, realizando projetos, vídeos e até viagens!

Ana Carolina Silva de Assis tem 18 anos, é de Cuiabá-MT, estudante do Ensino Médio no IFMT Campus Cuiabá, Maker e YouTuber pelo Canal Arduino Brasil.

meninasmakers1

Figura 1 – Ana Assis (Fonte: Arquivo pessoal Ana Assis)

Ana conta que em sua infância, ao contrário da maioria das meninas, em vez de brincar de casinha e salão de beleza, ela preferia construir cabanas e entender o funcionamento de lanternas e pilhas. Ela recebia bastante apoio da família: “…ganhava de presente equipamentos usados da empresa que meu pai trabalhava: teclados de computadores, lasers, caixinhas de som, mouse, até finalmente um computador de verdade”.

Durante o Ensino fundamental, Ana conta que as matérias que tinha menos dificuldade eram as de Exatas. Ela diz que era constantemente desafiada a desvendar fenômenos físicos e acontecimentos matemáticos. E a certeza que realmente sua área é a ciência e tecnologia veio na oitava série, quando surgiu uma oportunidade de estágio: “…trabalhei em uma empresa de montagem e manutenção de computadores. Foi um período de muito aprendizado e novas descobertas…Eu me descobria diariamente”.

Ana prestou o vestibulinho para estudar o ensino médio integrado no Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), e sem dúvidas, ela diz que a eletrônica a escolheu: “O IF só meu deu mais certezas que tecnologia é minha área, ao longo do curso fui cada vez mais me apaixonando por como as coisas funcionam realmente de uma maneira mais aprofundada”.

Além do estágio com computadores, Ana fez outro estágio voltado para a área de eletrônica por cerca de 6 meses, que foi muito proveitoso para a área acadêmica e profissional.

Apesar da pouca idade, Ana já prestou vestibular para Engenharia de Controle e Automação do IFMT e foi aprovada. Porém, como não concluiu o Ensino Médio, não realizou a matrícula. Neste ano, quando irá concluir, fará novamente o vestibular para o curso que tentou anteriormente e também o ENEM, para concorrer à vaga de Engenharia Elétrica pela UFMT.

No terceiro ano do Ensino Médio, Ana teve a oportunidade de conhecer a plataforma Arduino através de um amigo: “…com uma breve explicação de um amigo em uma tarde na biblioteca, descobri o quão incrível, funcional e de certa forma simples é trabalhar com ele. Foi graças a essa tarde onde aprendi a piscar um único led, o primeiro programa básico que se aprende no Arduino, que mais tarde junto de outro amigo o Felipe Cadidé, também integrante do canal, reproduzimos em maior escala e criamos diversos efeitos com vários leds.” Ana postou o video com seu primeiro projeto utilizando a hashtag #arduino no Instagram.

meninasmakers2

Figura 2 – Projeto Party Hard realizado por Ana e Felipe (Fonte: Instagram)

A partir deste vídeo, Thainá Moraes, integrante da Equipe Arduino Brasil (pra quem não lembra, ela foi a 3ª Garota Maker da 1ª Temporada da série. Acesse aqui e leia sobre sua trajetória) encontrou Ana e a convidou a conhecer o projeto.

Ana entrou em definitivo na equipe em outubro de 2015. Ela conta: “Agora em outubro fará um ano que faço parte do projeto atuando como Maker e Youtuber, o projeto abriu-me muitas portas, além de todo o conhecimento que adquiri com o grupo e com as pesquisas no geral, conheci diversas pessoas da área e fiz incríveis amizades, como a galera do canal mesmo, hoje já nos consideramos família.”

meninasmakers3

Figura 3 – Ana em seu primeiro dia como integrante da equipe Arduino Brasil (Fonte: Arquivo pessoal Ana Assis)

Ana teve a oportunidade de atuar em oficinas em escolas, realizar viagens como conhecer a Sede do Google em São Paulo, através de um projeto de Carregador de celular portátil com energia solar (Terceiro colocado no evento Startup Weekend) entre muitos outros.

meninasmakers4

Figura 4 – Ana e Nascimento Jr, com meninas do projeto em escola pública de MT (Fonte: Arquivo pessoal Ana Assis)

meninasmakers5

Figura 5 – Equipe Arduino Brasil em visita ao Google São Paulo (Fonte: Arquivo pessoal Ana Assis)

Dentre os projetos da Equipe Arduino Brasil, Ana participou do Girassol Solar, Ping Pong com Matriz de led (figura 6), Genuino Day 2016 e gravações como Diário de Bordo de viagens

meninasmakers6

Figura 6 – Projeto Ping Pong com matriz de led (Fonte: Canal Arduino Brasil)

meninasmakers7

Figura 7 – Equipe Arduino Brasil com projeto Girassol Solar (Fonte: Arquivo Pessoal Ana Assis)

Conheci Ana no início de junho, durante a viagem da Equipe Arduino Brasil em São Paulo. O mais legal é que eu estava procurando pelo pessoal no shopping e quem me reconheceu foi a Ana! Foram dois dias muito legais, e teremos um próximo encontro, desta vez em Mato Grosso, onde eu juntamente com a Equipe Arduino Brasil daremos uma oficina Arduino Básico no 2º Fórum Meninas Digitais Regional Mato Grosso, na UFMT. Lá também, Ana e Thainá são convidadas a um Café com Youtuber, onde farão um bate papo sobre produção de vídeos e vida de Youtuber.

meninasmakers8

Figura 8 – Gedeane com Equipe Arduino Brasil, em São Paulo (a) Equipe completa (b) Somente as mulheres (Fonte: Arquivo Pessoal Gedeane Kenshima)

meninasmakers9

Figura 9 – Banner de divulgação Café com Youtuber com Ana (Fonte: Facebook Meninas Digitais MT)

Perguntei a Ana sobre dificuldades enfrentadas por ser mulher na Tecnologia. Ela conta: “…graças Deus eu não tive nenhuma, sempre fui muito bem aceita em ambos estágios. E no IF mesmo a sala sendo predominantemente composta por meninos, eles foram uns amores, e o que falar do Arduino Brasil? Foram incríveis comigo desde o primeiro momento, sempre me ensinando e me auxiliando no que fosse preciso.”

Foi um prazer imenso em ter a história contada aqui, e ver que além de conectar sensores e afins, Arduino também conecta pessoas. Não imaginava conhecer Ana e a equipe Arduino Brasil, tão dedicados no que fazem e divulgando conhecimento, sem perder a essência jovem e de bom humor, trabalhando em equipe e sendo, além de colegas, amigos pessoais. E se quiser conhecer mais, visite o Canal Arduino Brasil no YouTube e siga-os no Instagram e Facebook.

meninasmakers10

Figura 10 – Equipe Arduino Brasil em uma Oficina Maker (Fonte: Arquivo pessoal Equipe Arduino Brasil).

Para finalizar, um recado de Ana para as mulheres que desejam entrar para a área maker e tecnológica: “As meninas que tem interesse na área, mas que de certa forma temem algo ou até mesmo as que já estão na área porém estão desanimadas, eu só tenho a dizer que dificuldades sempre vão existir mas que com esforço todos somos capazes de superar. A área da tecnologia é apaixonante e surpreendente, fazer parte disso me deixa muito feliz e não me arrependo em momento algum de ter escolhido esse ramo. E faço um convite a todas as meninas, venham fazer parte desse mundo, vamos aumentar o nosso número.”

meninasmakers11

Figura 11 – Ana no Google São Paulo (Fonte: Arquivo pessoal Ana Assis)

E você? Possui paixão por saber como as coisas funcionam? Gosta de desafios físicos e matemáticos? Gostaria de participar de uma equipe como a Arduino Brasil? A Ana mostrou que, com muita curiosidade e divulgação de vídeos simples em Redes Sociais, é possível realizar projetos muito legais e principalmente repassar esse conhecimento adquirido de forma fácil, didática e bem humorada, seja através de vídeos ou oficinas. É incrível ser maker!

Este é o último artigo da Série Garotas Makers. Espero que com as histórias destas 24 garotas, você, tanto mulher quanto homem, de que idade for, de qual área for, tenha sido motivado a fazer diferente entre sua família, amigos, escola, faculdade, trabalho e comunidade. Seja motivado (a) a conhecer uma plataforma de prototipagem, seja Arduino ou outra que julgar interessante, faça projetos, faça networking, ensine e seja ensinado por uma comunidade de Makers pelo Brasil e mundo. Faça você mesmo e tenha orgulho de projetos que fez com suas próprias mãos. E como diriam muitos, lugar de mulher é onde ela quiser, seja no lar, numa empresa, com computador, com ferro de solda, em sala de aula! Obrigada a todas as mulheres que dedicaram seu tempo para escrever seus depoimentos, desejo cada vez mais sucesso em suas trajetórias!

E não vamos parar por aqui! Além de apresentações que faço, está vindo um projeto muito legal com este tema. Em breve, falaremos mais aqui, no Embarcados Innovation!